sexta-feira, fevereiro 10

Kodak para de fabricar câmeras para cortar custos


A Eastman Kodak planeja parar de fabricar câmeras digitais, filmadoras de bolso e porta-retratos digitais no primeiro semestre de 2012 para cortar custos.

A inventora das máquinas de mão, que pediu proteção contra falência em janeiro, disse nesta quinta-feira (9) que, em vez de fabricar tais equipamentos, tentará expandir o programa de licenciamento de marcas. A fabricante planeja também oferecer o serviço on-line de encomenda de revelação.

A Kodak terá um encargo de aproximadamente US$ 30 milhões como resultado dessa decisão, que espera gerar uma economia operacional superior a US$ 100 milhões por ano.
A empresa disse que a decisão foi uma "consequência lógica" da estratégia recente de tentar melhorar as margens no negócio de câmera por meio da redução do portfólio de produtos, presença geográfica e lojas de varejo.

Em janeiro, a centenária companhia apresentou, perante um tribunal de Nova York, um pedido de concordata para reorganizar seus negócios. "A empresa e suas subsidiárias nos EUA entram com pedido voluntário de 'proteção' ao Capítulo 11 da Lei de Falências dos Estados Unidos", afirmou a companhia, em nota.
A Kodak pediu concordata depois de não ter conseguido captar dinheiro para financiar uma recuperação financeira de longo prazo. Com o pedido, a empresa pretende reforçar a liquidez nos Estados Unidos e no exterior, rentabilizar a propriedade intelectual não estratégica, solucionar a situação dos passivos e concentrar-se nos negócios mais competitivos.
Estratégia
Pioneira dos processos fotográficos, a Kodak foi fundada em 1888 com sede em Rochester (Nova York). Há décadas, porém, a empresa luta para lidar com a concorrência emergente no segmento fotográfico, o que se acentuou com o surgimento da tecnologia digital.

Sua cartada final – uma tentativa de se transformar em uma empresa que vende impressoras – revelou-se algo demasiadamente caro em meio às vendas em declínio do filme
fonte: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário